Silviah Carvalho
 "Sobrará culpa aonde faltar o amor... Não se culpe, Ame"
CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Moço não foge de mim
Não faz esse silêncio, não fuja do meu olhar,
Não tenha medo do amor que sinto por ti,
Eu não vou te machucar.

Hoje, para matar a saudade que tive de ti,
Busquei sua imagem, aquela foto apagada,
Que de ti peguei, sem avisar.

E admirei o que vi, mesmo não vendo direito,
Admirada fiquei ao ver que você ocupa grande,
Parte de mim, ou quase todo meu peito!

Moço
Só quero te dar carinho, te beijar de vagarinho,
Para não te assustar, quero afagar os seus cabelos,
Esconder-me entre seus braços, me perder nos teus abraços.

Não fuja mais, te dei meu coração!
Não tenha medo de amar, o amor é um ser misterioso,
Não tem rosto não tem voz, não tem razão.

Mas quando chega__ moço, toma conta de nós, veja,
Ele revelou sua imagem dentro do meu coração,
E, no entanto, me deixou assim em suas mãos.

Moço
Você é a voz que responde ao meu “por quê?”
Porque a ave do amor fez seu ninho,
Neste meu peito que só bate por você.


Silviah Carvalho
Enviado por Silviah Carvalho em 16/11/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários