Silviah Carvalho
 "Sobrará culpa aonde faltar o amor... Não se culpe, Ame"
CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Taça vazia
 
Era hora de sorrir
e você chorou, que pena!
Sufocante é o choro na ausência
da alegria e do amor,
Mas é gigante a alma dominada
pelo temor e pelas as razões
E num sofrer permanente
viverá aquele que ilude corações.
 Nos vinhos é cor que aparece
está oculta sua essência
No odre, no vinho e no sustentar
do amor o que conta é o tempo,
Quanto mais tempo melhor o vinho,
já o amor não passa tempo sozinho,
Odre velho não sustenta vinho novo,
desfaz-se o odre, derrama-se o vinho.
 Queremos sair da vida
puros como aqui chegamos,
Mas o disfarce é inevitável,
muitos crêem piamente que são humanos,
O conhecimento salgado gera
o fanatismo, o que leva o homem a Deus
É a conduta e a humildade.
Não haverá atalhos nesta verdade!
 Guardo segredo comigo,
assim mando nele, se deixo escapar
Mandará em mim,
um cárcere para o carcereiro.
Se entrego todo meu coração
o céu sumirá de sobre minha cabeça e 
sob meus pés não verei mais o chão.
(Eis a causa de tanta desilusão).
 Se seu sonho ultrapassa
a barreira da razão, acorde!
Viva sonhando, mas não dê a vida
por qualquer sonho,
Não alimente o sonho que você
sabe que não poderá tê-lo,
É costume dos sonhos
transformar-se em pesadelo.
 “Saiba viver, pois a maioria das pessoas
não vive, apenas existem"
Não olhem para os espinhos,
concentrem-se em colher as rosas,
Aprende, vinho e amigos são
íntimos na prosperidade,
A fartura os cria,
Na adversidade, sinto muito!
Contente-se e aprenda
Com a taça vazia.

 
Silviah Carvalho
 
( ‘’ ) Oscar Wilde.
Silviah Carvalho
Enviado por Silviah Carvalho em 11/12/2009
Alterado em 30/05/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários