Silviah Carvalho
 "Sobrará culpa aonde faltar o amor... Não se culpe, Ame"
CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


A imagem de meu amor


Quão grande seria minha perca,

se eu fosse poupada das angústias,

se um só dos meus medos fossem evitados,

eu não teria por ti tão grande amor.

 

Seria grande o meu sofrer,

naquele vibrante saltério onde encontrei

a expressão de minhas tristezas e de sua

ausência eu não tivesse provado o sabor.

 

Meu coração ficou despedaçado,

feito a imagem da minha própria dor,

em esperança reconstruído por tuas palavras

de meus sonhos tornas-te reconstrutor

 

A distância me tornou sensível fazendo de

meus sentimentos mais ternos e verdadeiros

e julgo: se estás preso, estou encarcerada,

então do amor somos, dois prisioneiros

 

Meu coração dormia e você o acordou

há tempos não via a claridade,

tive que esperar até mesmo a esperança

agora percebo que a espera acabou

 

Quão de perto se faz presente o teu ser...

Mas quando vem a noite, a noite profunda e escura

multidões de estrelas começam a aparecer

são constelações que trazem a esperança de te rever.

 

Mirando-as sinto sua calma

trazendo lembranças de nossos momentos

a inspiração que acaricia minha alma

de sua voz que não sai do pensamento


Silviah Carvalho
Enviado por Silviah Carvalho em 19/06/2010

Música: todo lo que hago lo hago por ti - Brayan Adams

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários