Silviah Carvalho
 "Sobrará culpa aonde faltar o amor... Não se culpe, Ame"
CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Águas Intranquilas
 
Me fiz de Mar p’ra suportar
A força desse rio que agora
Deságua em mim sem parar
Querendo me inundar.
 
Águas antes tranqüilas
Onde afoguei minhas vontades
Divididas entre mim e meu ser
Elas voltaram contra mim e perdi você.
 
Agora sinto medo da solidão
Do peso desse sentir
Que aflora dentro de mim
Dando ordens ao meu coração.
 
Ah ilusão porque aumenta esta
Desventura no meu peito!?
E tu saudade por quê
Me invade-me desse jeito?
 

 
Silviah Carvalho
Enviado por Silviah Carvalho em 21/02/2015
Alterado em 23/02/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários