Silviah Carvalho
 "Sobrará culpa aonde faltar o amor... Não se culpe, Ame"
CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Remissão

Surpresas em horas matinais
Concomitante ao raciocínio
Condescendência e inexperiência
Extravasam destinos
 
Não sou um silaba sem teto
Reviro dialetos busco causa
E efeito, uma flecha certeira
Atirada em peito aberto
 
Choro o absurdo senso, amor
Da não ida e agora de partida
Podia levar também minha dor.
 
Posso ser indiferente, rio, mar
Agua parada ou corrente
E bom senso ineficaz em decreto
 
Mas sou a oração que redime
Cumprindo pena sem crime, amando
Quem não me quer por perto.
 
Silviah Carvalho
Enviado por Silviah Carvalho em 29/05/2015

Música: Eternal flame - Conjunto Bangles

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários