Silviah Carvalho
 "Sobrará culpa aonde faltar o amor... Não se culpe, Ame"
CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Sozinha

Meu canto que, canto em sofrer
parece prever a angustia por vir
meus olhos lagrimados, dos seus
“erros” e meus, pressentem o fim...

Sem acolhimento, sem você
eu não posso mais viver,  prefiro
deixar de existir. Me sinto sem
esperança sem rumo.

.... Com a vida fora do prumo e 
num silencio que parece não
ter fim. Na dor de abrir e fechar a
porta, me faz ter vergonha de mim.

Não fora por esse amor crescente
aqui não voltaria, amor que já
agoniza de sede e fome em total
inanição, vejo minha morte de,

Tanto beber o cálice da rejeição
quem dera houvesse um cantinho
no seu ombro onde eu pudesse
encontrar proteção.

E ouvir de perto as batidas do
meigo coração. Quem dera sentir
a paz dos seus lábios, o aconchego
do seu colo, ou apenas as palavras:
Estou aqui...
Silviah Carvalho
Enviado por Silviah Carvalho em 29/05/2015

Música: Esperança - Diante do Trono

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários