Silviah Carvalho
 "Sobrará culpa aonde faltar o amor... Não se culpe, Ame"
CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


A saída
  
Três horas da madrugada ela não dorme, levanta e senta na beira da cama, balança as pernas, impaciente pensa e imagina a vida dali para frente, se impulsiona e sai do quarto, vai até a janela, apenas o silencio, é cedo demais para os pássaros cantarem, volta para o quarto e deseja algo ardentemente que a muito tenta fazer e agora sabe que não há tempo a perder, a vida não lhe favorece, é uma decisão só dele. Três e vinte, vai a geladeira e toma um copo de água, volta ao quarto tira uma mala de dentro do guarda-roupas, os minutos passam, ela pega as fotos dele, vídeos e o livro que ela não tem coragem de ler, segura-o contra seu peito e chora o tempo perdido e a feliciadade adiada. Quatro horas e a mesma solidão, o telefone não toca, antes de fechar a mala coloca suas vestes necessárias, fecha a mala, vai até a porta e a abre: sai e se tranca por fora e o corpo permanece na cama. Cinco horas.

 
Silviah Carvalho
Enviado por Silviah Carvalho em 30/03/2016

Música: christina_perri_a_thousand_years_official_music_video_mp3_65612 - Desconhecido

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários