Silviah Carvalho
 "Sobrará culpa aonde faltar o amor... Não se culpe, Ame"
CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Frutos

Que do caule não caia a folha verde
Que do vento não precisa de favor
Que se renda ao chão a folha seca
Que se diga foi o vento que levou

Que a árvore das palavras não caia
Que os galhos sejam como braços
Que o tronco seja o corpo provedor
Que a raiz seja elo eterno profundo...

Como profundo é do poeta o amor
Como a chuva rega o solo promissor
Não deixe morrer de sede a semente
No vaso frágil que tão esquecida ficou

Plante a vida do grão fecundado e só 
Plante nele juras palavras por palavras
Para que no cio das águas no coração
Possa colher os frutos em cada estação.
Silviah Carvalho
Enviado por Silviah Carvalho em 03/06/2016

Música: Angel - Sarah Mclachlan

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários