Silviah Carvalho
 "Sobrará culpa aonde faltar o amor... Não se culpe, Ame"
CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Retalhos

Hoje a realidade trouxe os fatos
De que não necessito daquilo que
Deus não quer me dar, mesmo
Tendo o coração propenso a falhar.
 
Tremula imagino o “nunca mais”,
Percebi a ausência no som da voz
E a inconsequência no agir...
Fui carta jogada ao vento e nas...
 
Mãos alheias não caio mais, todos
Morrem, e muitos do desejo de
Não viver, como eu agora, prezo
A morte só para te esquecer
 
Último talho, no retalho da minha
Existência tão desnecessária na
Enormidade da minha decepção.
Não derrube quem já está no chão.
 
Um passo à frente no relógio do
Amanhã, e eu ainda sofro, minha
Natureza desprezível e pecadora
Anela o perdão não merecido
 
Sacrifico minha alma e meu corpo
Lava-me das impurezas desta vida
Que escolhi viver, Te esquecendo
Deus, peço me esconda em Ti.
 
Entrego meu espirito, porque
Ainda me sinto assim tão só
Indomável na minha carne, mas
Sei que, não sou nada além de pó.
 
 

 
Silviah Carvalho
Enviado por Silviah Carvalho em 18/12/2016
Alterado em 04/03/2017

Música: Please forgive-me - Brayan Adams

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários