Silviah Carvalho
 "Sobrará culpa aonde faltar o amor... Não se culpe, Ame"
CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Amor Absoluto

Hã um quebratamento dentro de mim
Cacos de amor espalhados no meu
coração e há tambem uma saudade,
penso que essa é eterna, pois não ha
um só dia que não me lembre de ti.

Considero não haver mais por que lutar
se foi você mesmo que me disse adeus.
Olho para trás e vejo destroços,
mar de lágrimas, cansaço, e sofrimento.
me sinto segura no isolamento,

Onde escondo palavras escritas para ti
e não tenho coragem de mostrá-las,
posto que lidas saberia de minhas
eternidades, mas não sabes amar,
nunca soubes-te, não conheces

O amor absoluto, és o anjo que
trazes na mão direita o bálsamo e
na esquerda uma adaga afiada e eu
sou teu alvo, a quem não cansas de
ferir, mesmo sabendo que não ha

Lugar em mim sem cicatriz.
Saibas nunca pousei em outro jardim,
nunca dormi fora do meu ninho,
prefiro a solidão das palavras ao o
barulho da vida.

Há mais sabedoria no culto fúnebre
onde tudo passa de ante dos olhos,
paramos no meditar em nossos dias
e a crer que nada somos
.
Nos dias festivos somos observados
por fora e julgados por dentro nos
silenciosos olhares de desdém.
Não sabem que o amor é superior...

A tudo e totalmente desprovido de
interesses este é o amor absoluto,
em não saber onde moras, não saber
com quem andas,

Não conhecer tua família,
não saber o que tens, mas te ama
mesmo assim. porque o amor
contenta-se consigo próprio,

Pois quando produz amor, nada
mais interessa. o amor se aproxima
na distância, e não massacra na ausência,
o amor tem voz própra, faz-se notório...

Quando consola, aquece, preocupa-se.
Sem isso o amor não resiste
Sem isto a parte que ama desiste
Silviah Carvalho
Enviado por Silviah Carvalho em 10/06/2017
Alterado em 10/06/2017

Música: christina_perri_a_thousand_years_official_music_video_mp3_65612 - Desconhecido

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários